A vida de uma Au Pair Brasileira nos EUA – 2ª Parte

AU PAIR IN AMERICA 2

 

Começamos contando como funciona o programa de intercâmbio para os EUA como Au Pair no post anterior.

 

A vida de uma Au Pair Brasileira nos EUA – 1ª Parte

 

Neste continuaremos contando como foram os passos seguintes, minha vida e rotinas!

 

Normalmente os intercâmbios fornecem um City Tour na cidade em que se realiza o treinamento. Como meu treinamento ocorreu em Nova Iorque, foi nela nosso passeio:

AU PAIR IN AMERICA

CITY TOUR EM NOVA YORK – PARTE I

 

Em uma das noites livres de treinamento, foi-nos proposto um City Tour em Nova York de 2 horas.

Embora muito breve, pude visitar The Top of The Rock, e o complexo do Rockefeller Center

 

ROCKEFELLER CENTER E THE TOP OF THE ROCK – NOVA YORK

 top of the rock

 

É um dos prédios mais altos de Nova York e, lá em cima, é possível contemplar a cidade através dos observatórios. A visita noturna tem uma beleza rara, pois as várias luzes dão charme e elegância à visita, podendo ser, até mesmo, algo bem romântico.

 

Neste post você encontra em detalhes todas as informações que precisa para visitar o Rockefeller Center e The Top of The Rock 

top-of-rock-empire-state-building1

 

Quando do inverno, a praça dá lugar à pista de patinação no gelo. É uma das atrações turísticas de Nova York e, portanto, não pode deixar de ser visitada, sendo, inclusive, parada obrigatória do City Tour.

 

Pista de Patinação Rockefeller Center

 

Como o tempo disponível para o City Tour não foi suficiente para explorar essa cidade maravilhosa, tive de retornar lá alguns meses depois!

 

NOVA IORQUE PARTE II – PREPARATIVOS (TEXTO EXTRAÍDO DO MEU DIÁRIO) 6 E 7 DE SETEMBRO DE 2008.

 

“Dois dias antes do final de semana de viajar, fomos procurar hostels, ônibus, etc. A Lídia, minha amiga, é esperta pra fazer essas coisas, mas o computador da casa dela não podia ser usado, então sobrou pra mim. Fiz a reserva num hostel e comprei as passagens de ônibus. Depois, recebi um e-mail do Hostel dizendo que não tinham mais vagas! Como assim??!! Num dia está disponível e no outro não? Enfim…sexta pela manhã consegui um hostel meio caro que dizia: “Room mixed”. Vou explicar o que isso quer dizer no post “Sobre o hostel em Nova Iorque”.

Estava prevista a vinda de um furacão na Virgínia, que depois iria para Nova York…eu só soube disso bem tarde…mesmo assim, não desisti da viagem.

Na sexta que antecedia a viagem, eu dormi na casa de uma amiga em Washington DC e, sábado, quase perdemos o ônibus que partiria de Chinatown (Washington DC) para Nova York…nós o pegamos no último minuto.

 

NOVA IORQUE PARTE II – ESTÁTUA DA LIBERDADE

 

bandeira-e-estatua-da-liberdade

 

Chegamos em Nova York depois de 4 horas. O tempo estava meio nublado, então decidimos ir à Estátua da Liberdade primeiro.

Depois de comprar os ingressos na bilheteria, pegamos uma balsa que nos levou até a ilha onde fica um dos pontos turísticos mais importantes dos Estados Unidos da América; a Estátua da Liberdade! É, realmente, um monumento!

 

Neste post você encontra em detalhes todas as informações que precisa para visitar a Estátua da Liberdade – Estátua da Liberdade – Nova York: Como chegar? Onde comprar o ingresso? Quando Visitar? Como é o passeio? Guia Completo!

 

estatua-da-liberdade-de-barco

 

No passeio ouvimos um pouco sobre a história da Estátua da Liberdade:

 

A Estátua da Liberdade (nome oficial: A Liberdade Iluminando o Mundo) é o maior símbolo da cidade de Nova York e visitá-la é praticamente obrigatório para todos que vão na cidade. Ela foi um presente dado pela França aos Estados Unidos em comemoração ao centenário da assinatura da Declaração da Independência. Sua inauguração data de 28 de outubro de 1886

 

Lembrando que, nesta época, não eram muito comuns as selfies, muitas e muitas pessoas se revezam ali para auxiliarem umas as outras a tirarem as melhores fotos com a senhora estátua! O tempo nublado não colaborou com o cenário das fotos, mesmo assim, segue minha recordação desse dia:

 

Estatua-da-liberdade-nova-york

 

Um outro passeio também era possível: subir à altura da coroa da estátua, mas eu não tive interesse em comprá-lo.

 

 NOVA IORQUE PARTE II – MUSEU DE CERA MADAME TUSSAUDS

 Museu Madame Tussauds (3)

 

Finalmente começou a chover quando estávamos indo ao Museu de Cera Madame Tussauds, mas não atrapalhou muito os nossos planos, pois o local é todo coberto.

 

Veja neste link as informações detalhadas do passeio:

 

Madame Tussauds: Museu de Cera em Nova York

 

O prédio onde fica o Museu dispõe de alguns andares, todos dedicados a abrigar a fascinante arte de reproduzir grandes nomes da música, da política, assim como grandes clássicos do cinema e dos quadrinhos.

 

Museu Madame Tussauds (2)

 

Há um andar exclusivo para os personagens dos filmes de terror. Não sou fã desse gênero, mas, mesmo assim, queria conhecer as estátuas de cera que lá havia. Só não esperava ser surpreendida por uma instalação amedrontadora, com sons, pouca luz, que me provocaram alguns segundos de muito medo!!! Minha amiga e eu ficamos tão apavoradas que saímos pela primeira porta que avistamos: uma porta de acesso exclusivo para funcionários! Esperávamos encontrar escadas à nossa frente, sei lá, mas, atônitas, deparamo-nos com outra parte do andar, que era destinada a homenagear os bombeiros que trabalharam no terrível atentado ao World Trade Center…Queríamos um buraco para enterrar a vergonha de aparecer gritando diante de pessoas que silenciosamente observavam as esculturas (rs), mas, fazer o que, né?!:

 

 METRÔ DE NOVA YORK

 

Todos os passeios que fizemos utilizamos como meio de transporte o metrô, cujas linhas conectam a cidade inteira!!! São Paulo é peixe pequeno quando comparado à estrutura de Nova Iorque! Só é lamentável as condições em que são mantidas as estações; sujas e descuidadas. Parecem com as cenas dos filmes de Hollywood.

Uma coisa boa, em minha opinião, é que, nos Estados Unidos, você paga a passagem de ônibus e metrô antecipadamente com base no seu destino, ou seja, se você vai viajar por duas estações, e eu, por quatro, você pagará um valor mais barato do que eu.

Como usufrui desse transporte durante o final de semana (sábado e domingo), não presenciei grandes aglomerações, mas achei o ambiente extremamente quente e pouco ventilado. Acredito que isso aconteceu porque as estações pelas quais andei eram todas subterrâneas.

 

SOBRE O HOSTEL EM NOVA YORK

 

Galera, por falha minha ao escrever meu diário (rs), não mencionei o bairro e o hostel onde fiquei hospedada…vou ficar devendo esta pra vocês…

Mas vou aproveitar o assunto para contar como foi essa minha experiência! Quando a gente está em outro país e é “jeca” como eu (rs), dá muito medo de fazer reservas de hospedagem e transporte pela internet…sendo bem sincera, o tempo todo você fica torcendo pra não ser enganada e pra ter entendido as informações dispostas em outra língua da maneira certa…

Não me programei muito para essa viagem e fiz algo que não aconselho: fechei o ônibus para Nova Iorque sem ter fechado ainda a hospedagem. Não se deve fazer isso, pois, em caso de overbook (lotação), você certamente ficará na mão; ou perderá o dinheiro das passagens de ônibus (ou avião), ou irá ao seu destino ciente de que terá de passar a noite numa balada (rs), por não ter conseguido nenhum local para dormir…

Como eu disse no post anterior “Preparativos para a viagem”, minha amiga e eu escolhemos um hostel, por ser mais barato. O que eu não havia entendido na correria é que o hostel, na verdade, era um apartamento comum, cujo espaço era alugado para turistas como eu! Nunca tinha visto esse tipo de acomodação aqui no Brasil, e fiquei meio desapontada.

Além disso, os quartos eram mistos, ou seja, homens e mulheres juntos. As toalhas de banho e a roupa de cama tinham custo adicional, e o banheiro era comunitário, assim como a geladeira.

Nesse hostel havia uma pessoa responsável, que nos explicou como funcionava a dinâmica do local, etc. Ainda nessa conversa, soubemos que eles não aceitavam cartão de débito ou crédito! Tínhamos de pagar a hospedagem em dinheiro e na hora…

Depois de um dia inteiro passeando, andando como duas turistas que não querem perder nada (rs), tudo o que queríamos era dormir, mas esse foi um percalço: onde conseguir dinheiro tão tarde da noite? Quem teria coragem de andar por aquelas ruas de Nova Iorque sozinha? Quem já assistiu alguns filmes sobre essa cidade sabe que nem tudo é Manhattan…

Foi então que, por pura sorte, conseguimos juntar as moedas (rs) e alcançar o valor necessário para a nossa hospedagem sem termos de procurar um caixa eletrônico! Graças a Deus! Ufa!

 

NOVA YORK – PARTE II  – CENTRAL PARK

 central-park-2

 

No domingo, passeamos pelas ruas de Nova Iorque e tiramos fotos no famosíssimo Central Parque! Que parque enorme!!! Nós, brasileiros, não temos ideia do tamanho do Central Parque…pra vocês terem dimensão do que eu estou falando, é possível chegar a esse local descendo em várias estações de metrô, ou seja, não há uma estação de metrô específica para visitá-lo, pois isso irá depender de qual parte dele você quer visitar.

Visitar o Central Parque é se sentir num dos vários filmes românticos cujas cenas foram gravadas lá!

Nas épocas em que há sol, os nova-iorquinos pegam seus blanquets (algo parecido com cangas) e os esticam na grama para terem um tempo de piquenique ou de simples leitura ao ar livre!

 

Acho que vale a pena deixar que as fotos expressem a beleza desse parque!!!

 

central-park

 

Veja o relato completo sobre o Central Park.

 

castelo no Central Parque

 

 

Assim continuamos mais um dia de relatos desse programa e do meu dia a dia.

 

Você tem alguma dúvida com relação a intercâmbio ou processos de Au Pair?

 

Deixe suas mensagens e comentários abaixo!

 

Jeff & Paty

Com Pé na Estrada

www.compenaestrada.com.br

 

Faça parte da comunidade Com Pé na Estrada!

 

Siga-nos no Facebook: http://www.facebook.com/compenaestrada

Faça parte do nosso Grupo no Face – https://www.facebook.com/groups/compenaestrada/

Siga nosso Insta: @ComPenaEstrada1 – https://instagram.com/compenaestrada1/

Veja nossos vídeos no Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCgEwxFyLGrpgmJdqHKZdZxA

 

Mande suas dúvidas e/ou sugestões por e-mail: compenaestrada1@gmail.com

 

Seguro Viagem: Adquira seu Seguro Viagem com a Mondial Seguros nos Banners do Blog e ganhe 15% de desconto!

 

Booking: Toda compra realizada através dos banners do Booking em nosso Blog, o Com Pé na Estrada ganha uma comissão, mas você não tem nenhum custo extra, apenas nos ajuda a manter o blog ativo!

 

Marque suas fotos com a hashtag #compenaestrada

Anúncios

3 comentários em “A vida de uma Au Pair Brasileira nos EUA – 2ª Parte

  1. Pingback: 8 Dicas de Como Dirigir e Alugar Carro nos EUA? | COM PÉ NA ESTRADA

  2. Oi meninas,

    Acabei de encontrar o blog de vocês e me identifiquei demais com a primeira parte. Sou uma sonhadora fascinada pelos EUA e meu sonho é viver lá por algum tempo.
    Estou adquirindo os requisitos para virar Au Pair e eu tenho algumas dúvidas, será que vocês podem me ajudar?
    – Eu tenho a CNH, mas para dirigir em NYC é necessário tirar outra permissão?
    – Estou tentando me virar no inglês, porque não faço curso, vocês teriam alguma dica para aprendizado? Já que é necessário inglês intermediário para poder embarcar…
    – me inscrevi num app de relacionamento e estou tentando fazer amizades com as pessoas de manhattan, pra ver se facilita minha estadia. O que vocês acham?
    – E por último: sei que é pessoal, mas preciso ter uma noção de tudo isso. Além de ter pago o programa de Au Pair, quanto de dinheiro vocês recomendam levar pra sobreviverem antes de começarem a trabalhar?

    Espero muito que possam responder minhas dúvidas. Ah, quase ia me esquecendo, vocês indicam alguma agência?

    Aguardo um retorno
    Obrigada, meninas ☺️

    • Samanta, estou interessada tbm e correndo atrás para poder fazer o programa….. achei ótima a ideia do app, poderia me informar qual vc está utilizando?
      E respondendo sua última pergunta, elas fizeram pela agência Experimento, é a qual eu decidi fazer tbm.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s