Capitólio MG – Roteiro de 4 Dias

Olá viajantes tudo bom?

 

Seguindo com nossas férias de 2019, nosso segundo ponto de parada foi em Capitólio – MG!

Ficamos hospedados primeiramente na casa do meu pai em Passos – MG, que fica a cerca de 60km de Capitólio. Havíamos em 2015 feito um post sobre a cidade. Éramos novos de casamento e ainda nem imaginávamos que teríamos o Arthur!

Deste ponto de partida, nós fomos para nossa primeira visita:

Cachoeira da Filó

Para chegar a Capitólio, basta pegar a MG 050 sentido BH no KM 322. A cachoeira não tem sinalização alguma, fica do lado aposto a via para quem vai sentido BH. Há apenas um acostamento largo, que da para parar cerca de 20 carros eu imagino.

E logo na sequência há uma íngreme trilha para chegar na cachoeira. Idosos e pessoas com crianças muito pequenas de colo, terão bastante dificuldade para acessar a cachoeira, eu não recomendo.

O local fica cerca de 2 ou 3km depois da entrada do Paraíso Perdido, que para quem vai sentido BH, também fica do lado oposto da via.

A cachoeira é muito bonita, uma pena que pegamos o dia nublado. A água estava extremamente gelada, rss.

O bom é que tem muitos, mas muitos peixinhos por ali. Como havíamos levado bolacha de água e sal do Arthur, acabamos conseguindo fazer a festas com os peixinhos.

Quando chegamos, não havia ninguém, por ser um dia de semana normalmente é bem mais calmo. Aos poucos foram chegando alguns outros casais e famílias. Há sempre o receio por estarmos em um local isolado e sem muita visibilidade, de alguém chegar e tentar fazer algum mal.

Aos finais de semana, a cachoeira costuma ficar bem cheia

Eu e meu pai tentamos chegar o mais próximo possível das quedas. Há uma pequena trilha, de fácil acesso.

O ponto é que no caminho encontramos uma pequena cascavel morta. Ela devia ter morrido a pouco tempo, pois ainda estava bem mole o seu corpo. Como a Cachoeira da Filó fica no meio do mato, toda atenção e cuidado é bem vindo..

 

O segundo ponto de parada foi o Mirante da Represa de Furnas

Não conseguimos acessar a ponto que cruzar a represa de Furnas, pois estava em obras, foi uma pena. Mas conseguimos ir até o mirante para fazer algumas fotos e observar o trajeto das águas e as bombas.

DCIM100GOPROGOPR0508.JPG

Nos lembrou bastante a Usina Hidrelétrica de Foz de Itaipu, em Foz do Iguaçu, quando fomos visitar em 2014 em um roteiro de 5 dias pelas cataratas do lado brasileiro e argentino.

Restaurante Rio Turvo

Restaurante Rio Turvo - Capitolio MG (1)

Aproveitamos também para conhecer o famoso Restaurante Rio Turvo. Ele fica na MG 050 KM 306 em frente ao Lago de Furnas, não tem como não ver. O restaurante está muito bem localizado, pois é deste ponto que sai os passeios de lanchas e catamarã.

Os pratos servem de 3 a 4 pessoas tranquilamente. Nós comemos uma Tilápia à parmegiana sensacional, junto com uma jarra de suco de limão.

Gastamos ao todo R$ 140,00. Não conseguimos comer o prato todo, então levamos para a pousada o que sobrou e ainda por 2 dias eu comi ele em casa, rss.

Já hospedados na Pousada do Rio Turvo, fomos visitar o Mirante dos Canyons e a Cachoeira Diquadinha.

Ambos os pontos turísticos ficam na MG 050 KM 312. Cada local fica de um lado da estrada. Para estacionar é possível apenas no KM 312 sentido BH, em uma faixa ao lado do acostamento.

Mirante dos Canyons - Capitólio MG (1)

Aos finais de semana a briga por vagas é intensa, pois também param os ônibus turísticos. No sentido Passos, cerca de 800metros a frente, quase no KM 311 é possível encontrar o acesso ao estacionamento da Cachoeira Diquadinha. Isso mesmo, a entrada para o estacionamento fica bem a frente de onde de fato se para o carro. Para estacionar na Cachoeira Daquadinha, paga-se R$ 10,00.

Falando do Mirante dos Canyons, é gratuito a entrada. Aos finais de semana são montadas diversas barracas que vendem artesanato e também comidas e bebidas. A trilha é bem simples e rápida. De cima é possível ver o tamanho dos Canyons. Para quem tem medo ou pavor de altura como eu, é um desafio e tanto. Confesso que não consegui chegar nem próximo, rss. Se observar pelas fotos, estou sempre longe da beirada.

As melhores fotos, aquelas sensacionais que vemos nos blogs, as pessoas tiram em um “andar de baixo”, um pequeno degrau, em que literalmente você fica de costas para o precipício. Ai sim consegue-se tirar a foto com toda a grandiosidade do Canyons de fundo.

O cuidado especial é com as crianças, pois não há nada, literalmente nada de segurança. Caindo ali… já era… a altura é imensa.

DCIM100GOPROGOPR0586.JPG

De cima é possível ver os barcos realizando os passeios. Uma pena não termos conseguido fazer o passeio de barco por conta da chuva.

 

Na sequência, fomos visitar a Cachoeira Diquadinha.

Cachoeira Diquadinha - Capotólio MG (6)

Apenas atravessamos a estrada e seguimos por uma rápida e fácil trilha. O caminho é bem bonito, da para ir pelas águas até chegar na cachoeira.

Estava um dia bem gostoso, então acabamos conseguindo aproveitar bem o passeio.

Cachoeira Diquadinha - Capotólio MG (1)

 

Em 4 dias é possível tranquilamente visitar os principais pontos turísticos. Abaixo foi o cronograma que nós fizemos, pensando que passaríamos um final de semana em Capitólio:

 

Sexta –Mirante dos Cânions (KM 312) + Cachoeiras Diquadinha + Cascata Eco Parque KM 315,5 + Usina e Barragem de Furnas

 

Sábado – Passeio de Lancha – https://www.turistando.in/passeio-de-lancha-em-capitolio-canyons-de-furnas/ – 

 

Domingo – Paraíso Perdido (KM 321) – https://www.paraisoperdido.com.br/ – R$ 40,00 por pessoa – Dica: Assim que chegar, avise no restaurante que vai querer almoçar para eles se programarem.

 

Abaixo são outros pontos turísticos  que deixarei sinalizado, pois com certeza iremos voltar para aproveitar tudo que Capitólio tem a oferecer!

 

  1. Morro do Chapéu: Um dos pontos mais altos da cidade, a mais de mil metros, é possível observar uma incrível vista panorâmica do Lago de Furnas, de seus cânions e das cidades ao redor, além de poder ver, do seu topo, sua fauna rica em lobos, tatus e tamanduás, espécies de flores silvestres, e ainda diversas nascentes correndo por pedras e lajeados que formam cachoeiras.

    2. Cascata Eco Parque: A principal atração desse parque é uma trilha que leva, na ida, por um passeio por cima das cachoeiras, e, na volta, por dentro das quedas d’água e piscinas naturais.

    3. Paraíso Perdido: Complexo rodeado por cânions e com uma sequência de cascatas, cachoeiras e cerca de 18 piscinas naturais, é o lugar perfeito para qualquer pessoa que procura um passeio inesquecível para se fazer em Capitólio, como trilhas, mergulho, tirolesa, acampamento e rapel.

    O magnífico vale cortado por rios de águas cristalinas, fica a cerca de 40 km de Capitólio é uma das atrações mais surpreendentes do destino. O local tem várias piscinas naturais, trilhas, quedas d’água, além de um camping e um restaurante.

    Um atrativo muito popular e ideal para quem quer passar o dia relaxando com mergulhos refrescantes e se divertindo com diferentes atividades de lazer, o Paraíso Perdido se trata de um complexo rodeado por cânions e com uma sequência de cascatas, cachoeiras e diversas piscinas naturais. Você pode tanto aproveitar a grande quantidade de nascentes para se banhar em suas águas cristalinas quanto para praticar alguns esportes de aventura como tirolesa, rapel e trekking.

 

4 – Cachoeira Lago Azul (KM 311): Uma das mais procuradas e o cartão-postal de Capitólio, é, na verdade, um complexo com duas cachoeiras – a primeira é a do Lago Azul e a segunda é a queda debaixo que deságua direto na represa, ambas formando uma piscina de tons esverdeados com vários pontos para banho. É também de onde partem os passeios de escunas e lanchas pela represa de Furnas.

 

5 – Cachoeira Cascatinha (MG 050): Uma das cachoeiras mais antigas, tem fácil acesso e é gratuita, portanto, costuma ser bastante frequentada. Suas várias quedas formam pequenos poços naturais que parecem banheiras de hidromassagem, e, logo ao lado, há trilhas que levam aos cânions, perfeitos para atividades de aventura, como escalada e rapel.

 

  1. Trilha do Sol, Cachoeira do Grito (MG 050 KM 304) – Cobra R$ 45,00 por pessoa: Cartão-postal da Trilha do Sol, é uma das cachoeiras mais visitadas devido ao seu fácil acesso e à sua beleza. Seu nome é explicado pela teoria de que toda pessoa que toma banho em suas águas deixa os medos para trás com um grito que ecoa por todo o riacho.
    Na Trilha do Sol também é possível conhecer outros pontos, além dessa cachoeira, como Poço Dourado e No Limite.

 

  1. Cachoeira do Poço Encantado: Para chegar à essa cachoeira, que também faz parte do roteiro da Trilha do Sol, é necessário fazer uma caminhada de 1.200 metros, passando por uma floresta repleta de rica flora, composta por bromélias, samambaias, orquídeas, violetas, musgos, etc.

 

E você, já foi para Capitólio?

O que achou?

Deixei seus comentários abaixo!

 

Jeff & Paty

Com Pé na Estrada

www.compenaestrada.com.br

 

Faça parte da comunidade Com Pé na Estrada!

 

Siga-nos no Facebook: http://www.facebook.com/compenaestrada

Faça parte do nosso Grupo no Face – https://www.facebook.com/groups/compenaestrada/

Siga nosso Insta: @ComPenaEstrada1 – https://instagram.com/compenaestrada1/

Veja nossos vídeos no Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCgEwxFyLGrpgmJdqHKZdZxA

 

Mande suas dúvidas e/ou sugestões por e-mail: compenaestrada1@gmail.com

 

Seguro Viagem: Adquira seu Seguro Viagem com a Mondial Seguros nos Banners do Blog e ganhe 15% de desconto!

 

Booking: Toda compra realizada através dos banners do Booking em nosso Blog, o Com Pé na Estrada ganha uma comissão, mas você não tem nenhum custo extra, apenas nos ajuda a manter o blog ativo!

Airbnb: Cadastre-se no Airbnb e ganhe R$100 de desconto em sua primeira aventura. Aqui está o link do meu convite: https://abnb.me/e/AaiHnfMSoL

Uber: Quer desconto no Uber? Utilize nosso código: 7tbfbvppue

99Táxi: Quer ganhar R$ 10 de desconto no 99POP? Clique no link e veja como ativar seu desconto na sua 1ª corrida!, https://d.didiglobal.com/qlP41JDwZq5nZ?t=whatsApp

Marque suas fotos com a hashtag #compenaestrada

 

Anúncios

2 comentários em “Capitólio MG – Roteiro de 4 Dias

  1. Pingback: Onde se Hospedar em Capitólio MG? | COM PÉ NA ESTRADA

  2. Pingback: Arraial do Cabo, RJ – 2º Dia – Passeio de Barco | COM PÉ NA ESTRADA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s