Paraty/RJ – 4º dia – Trindade – Camping + Praia do Meio + Trilha para Praia do Cachadaço + Praia do Cachadaço + Trilha para Piscinas Naturais de Cachadaço

img_trindade

Depois de todas as aventuras realizadas no 2º e 3º dia em Paraty, resolvemos inovar com o ajuda de alguns amigos que foram nos encontrar, e nos dirigimos para Trindade, uma outra Praia de Paraty um pouco mais deserta, para acamparmos!

 

Camping Menina Flor (18)

Camping Menina Flor (1)

Paraty – RJ: 1º Dia – Como Chegar + Centro Histórico + Passeios + Praia do Jabaquara

Paraty/RJ – 2º Dia – Passeio de Escuna: Ilha Comprida + Praia da Lula + Enseada da Lagoa Azul e Praia Vermelha

Paraty/RJ – 3º dia – Passeio de Jeep + Cachoeira da Pedra Branca + Cachoeira do Tobogã + Cachoeira do Tarzan e Alambiques!

Paraty/RJ – 4º dia – Trindade – Camping + Praia do Meio + Trilha para Praia do Cachadaço + Praia do Cachadaço + Trilha para Piscinas Naturais de Cachadaço

Paraty/RJ – 5º dia – Trindade – Praia dos Ranchos + Praia de Fora + Praia do Cepilho

Camping Menina Flor (19)

Camping Menina Flor (20)

Ficamos acampados no Camping Menina Flor entre o 4º e 5º dia de viagem. Certamente, como em todo camping, não há nada para comentarmos de uau, que coisa linda e maravilhosa, todavia nos surpreendemos muito positivamente com o local.

 

A estrutura oferecida é de primeira. Os banheiros e chuveiros sempre limpos e arrumados. Tanto de manhã quanto no fim da tarde o pessoal limpa e passa pano, deixando tudo organizado. A grama muito bem aparada, assim como as árvores. Presenciei pela manhã do domingo o Manoel um dos responsáveis pelo local, passando o rastelo (acho que é assim que se chama aquela “vassoura” de tirar folha da grama).

 

Camping Menina Flor (23)

Camping Menina Flor (24)

E sem dúvida temos que agradecer muito ao Manoel, pois desde que chegamos ele foi extremamente atencioso e dedicado em nos ajudar. Como éramos marinhos de primeira viagem no assunto de camping, de forma muito pró ativa nos ajudou com a montagem das barracas e devidas instalações.

 

Camping Menina Flor (25)

Camping Menina Flor (26)

 

O mais sensacional foi que depois que saímos para conhecer as Piscinas Naturais de Cachadaço (que conto melhor mais a frente), caiu um pé d’água e ele cobriu nossas barracas com lona, se não teria alagado por dentro.

 

Sem pedirmos nada ele fez isso. É pura atenção e preocupação com o cliente.

 

Camping Menina Flor (27)

Camping Menina Flor (2)

 

Parabéns Manoel e Camping Menina Flor! Ficamos muito felizes com a estadia e atendimento!

 

Camping Menina Flor (4)

Camping Menina Flor (5)

Camping Menina Flor (6)

Camping Menina Flor (7)

 

Voltando a questão de Trindade, nós chegamos de Paraty que fica cerca de 30km de distância por volta das 11h30.

 

Trindade (2)

Trindade (6)

 

Você pode chegar de carro saindo de Paraty pela própria  Rio-Santos ou de ônibus da empresa Colitur na rodoviária, que sai a cada hora fechada. A viagem dura cerca de 50 minutos e o trecho custa apenas R$ 3,40. Em Paraty, algumas empresas oferecem tours para Trindade, mas não há a menor necessidade de contratar agências, pois a viagem por conta própria é muito fácil.

 

Nos instalamos e saímos para conhecer as praias, onde o objetivo final era apreciar as piscinas naturais de Cachadaço!

 

Trindade (5)

Trindade (1)

 

Tínhamos 2 guias conosco, amigos de longa data que anteriormente haviam visitado a região e nos contaram as histórias da beleza natural do local, e por isso acabamos atrelando nas férias esse passeio entre amigos.

 

Valeu Rodrigo e Thiago pelo convite para conhecermos tal local!

 

Esse pequeno paraíso fica localizado entre a 30km do trevo da cidade de Paraty – RJ. Com a famosa cidade histórica bem ao lado, a maioria dos turistas típicos acabaram se concentrando por lá e Trindade se transformou em um destino alternativo para quem curte belezas naturais como cachoeiras e belas praias e, é claro, muito sossego.

 

Trindade (4)

Trindade (3)

 

Fundada por pescadores, a Vila “foi descoberta” na década de 1970, quando que uma empresa estrangeira reclamou a região para construir um condomínio de luxo na região. Conta-se que os moradores se revoltaram e conseguiram na justiça o direito de se manter nas terras. Hoje, a Vila vive basicamente do turismo. Basta andar pela rua/centro – sim, pois o “centro” de Trindade se resume a uma rua com cerca de 700m ou menos – que é possível perceber que o morador ou abre uma pousada, ou uma loja de roupas e artesanato claramente voltados para o turista ou um restaurante.

 

Trindade (7)

Trindade (1)

PRAIAS

 

729227trindade

PRAIA DO MEIO

 

Saindo do camping que fica em uma ótima localização, no fim da avenida principal quase de frente para as trilhas que nos levam a praia, tomamos uma dessas trilhas e caminhamos um pouco mais de 3 minutos até avistarmos a Praia do Meio.

 

Praia do Meio (2)

Praia do Meio (3)

Praia do Meio (5)

 

Esta é a mais famosa – e também a mais cheia – praia de Trindade. Ela se chama assim, pois as rochas “fecham” a praia tornando as ondas mais tranquilas e formando uma moldura para as praias ao lado. Seu acesso é por uma rua de terra batida que pode ser encontrada a partir da Praia dos Ranchos ou do “centro” da Vila. É bem “urbana” com quiosques que colocam cadeiras e mesas em toda a faixa de areia

 

Praia do Meio (6)

Praia do Meio (7)

Praia do Meio (8)

 

Por lá passamos e rapidamente nos dirigimos a um imenso rochedo de pedras que tem no local.

 

Depois de muitas fotos, descemos e nos dirigimos a primeira trilha que separa a Praia do Meio da Praia do Cachadaço.

 

 

Praia do Meio (4)

Praia do Meio (9)

Praia do Meio (10)

 

Praia do Meio (11)

 

Praia do Meio (12)

Praia do Meio (13)

Praia do Meio (14)

Praia do Meio (15)

Praia do Meio (16)

Praia do Meio (17)

Praia do Meio (18)

Praia do Meio (19)

Praia do Meio (20)

TRILHA PARA A PRAIA DO CACHADAÇO

 

Praia Caixa D'aço (2)

 

Esta trilha é bem sinalizada e tranquila, com corrimão de madeira e degraus feitos com pedras e raízes de árvores. É necessário se esforçar para chegar lá, pois é bem desnivelada, mas nada impossível. Presenciamos algumas senhoras fazendo esta trilha para chegar na Praia de Cachadaço, claro que cada um faz a trilha no seu ritmo.

 

Praia Caixa D'aço (3)

Praia Caixa D'aço (4)

Ainda na subida, tem um trecho onde é possível ir até em cima de uma das rochas que cercam as praias e ver de lá toda a orla de Trindade.

 

Levamos aproximadamente 8 minutos percorrendo a trilha, como vocês podem ver no vídeo abaixo feito na integra:

 

 Praia Caixa D'aço (5)

PRAIA DO CACHADAÇO

 

Praia Caixa D'aço (6)

Após concluirmos a trilha, chegamos a Praia do Cachadaço.

 

É uma praia extensa, com apenas alguns bares. Areia fina. Bem gostoso para ficar por ali e aproveitar a paisagem e as ondas. A praia não tem cadeiras ou quiosques; o único, fica bem ao final da praia. O bom mesmo é escolher um lugar perto da sombra de uma das árvores que cresceram ao longo da praia.

 

No final da Praia do Cachadaço, inicia-se a trilha que nos leva as piscinas naturais de Cachadaço.

 

Praia Caixa D'aço (7)

Praia Caixa D'aço (8)

Praia Caixa D'aço (9)

Praia Caixa D'aço (10)

Praia Caixa D'aço (11)

Praia Caixa D'aço (12)

Praia Caixa D'aço (13)

Praia Caixa D'aço (14)

 

TRILHA PARA PISCINA NATURAL DE CACHADAÇO

 

Esta trilha é um pouco mais pesada, mas também bem sinalizada. Toda ela faz parte do Parque de Proteção Ambiental então nada de caminhos alternativos. Procure ir cedo, pois a tarde a maré sobe e passar pelas pedras que “guardam” a entrada da trilha fica mais perigoso.

 

Não é muito difícil atravessá-la. Levamos aproximadamente 18 minutos como vocês podem ver no vídeo abaixo:

 

 

PISCINA NATURAL DE CACHADAÇO

 

Piscina Natural Caixa D'aço (24)

Piscina Natural Caixa D'aço (23)

Após finalizarmos a trilha, nos deparamos com a piscina natural!

 

É um local que costuma ter bastante pessoas.

 

O único local para colocar suas coisas ou se apoiar é sobre as rochas, mas estas normalmente estão lotadas.

 

Conseguimos encontrar uma rocha do outro lado da entrada e para lá nos dirigimos.

 

Piscina Natural Caixa D'aço (22)

Piscina Natural Caixa D'aço (21)

DICA:

 

1 – Leve snorkel para que possa fazer snorkelling e assim visualizar todos os peixes que existem na região.

 

2 – Leve salgadinho, pois assim você pode jogar na água e atrair dezenas ou centenas de peixes para próximo de você.

 

Peixinhos com a Paty na Piscina Natural Caixa D’aço – Paraty/RJ

 

Uma pena foi o tempo que amanheceu bem fechado, então as fotos com os peixes não ficaram tão nítidas como as que tiramos no passeio de escuna em Paraty.

 

Piscina Natural Caixa D'aço (21)

Piscina Natural Caixa D'aço (20)

É possível voltar de barco para a Praia do Meio caso não queira fazer a trilha de volta, os barqueiros cobram R$ 10,00 por pessoa e sempre carregam de 4 em 4. A volta leva em torno de 10 minutos.

 

Nós voltamos pela trilha para curtir a paisagem e o ambiente.

 

Piscina Natural Caixa D'aço (20)

Piscina Natural Caixa D'aço (19)

Piscina Natural Caixa D'aço (18)

Piscina Natural Caixa D'aço (17)

Piscina Natural Caixa D'aço (16)

Piscina Natural Caixa D'aço (15)

Piscina Natural Caixa D'aço (14)

Piscina Natural Caixa D'aço (13)

Piscina Natural Caixa D'aço (12)

Piscina Natural Caixa D'aço (11)

Piscina Natural Caixa D'aço (10)

Piscina Natural Caixa D'aço (9)

Piscina Natural Caixa D'aço (8)

Piscina Natural Caixa D'aço (7)

Piscina Natural Caixa D'aço (6)

Piscina Natural Caixa D'aço (5)

Piscina Natural Caixa D'aço (4)

Piscina Natural Caixa D'aço (3)

Piscina Natural Caixa D'aço (2)

Piscina Natural Caixa D'aço (1)

 

ALMOÇO

 

Quando chegamos na cidade, fomos procurar um local para almoçarmos.

 

Percorremos toda a rua principal até nos decidirmos pelo restaurante Villa´s.

 

Local simples e com uma boa comida. Os pratos variam de R$ 20,00 o famoso PF (prato feito) até R$ 50,00 caso queira alguma comida com frutos do mar.

 

Eu pedi uma prato chamado Picanha pelo custo de R$ 30,00. Confesso que no momento que a atendente trouxe o prato eu quase cai de costa, pois imaginava que por R$ 30,00 comeria uma carne com um tamanho interessante… mas ao chegar o prato me lamentei por não ter pedido outra coisa.

 

Pela foto é possível checar a quantidade de comida que me foi servido… A “picanha” devia ter entre 50 e 10 gramas no máximo.

 

A Paty acabou pedindo um filé de peixe, que veio bem mais servido que o meu pelo custo de R$ 20,00.

 

Este foi nosso almoço!

 

Enquanto almoçávamos caiu o mundo (expressão para uma chuva torrencial). Acabamos ficando preso no restaurante por mais de 1 hora.

 

Foi neste momento que relatei no inicio do post, que o Manuel do Camping Menina Flor, gentilmente cobriu nossas barracas!

 

Por conta da chuva, o nosso dia acabou sendo bem frustrado. Voltamos para o camping após o almoço e ficamos por lá, dentro das barracas, tentando dormir… Mas a noite não passava, rs, até que por volta das 20hs um de nossos amigos, o Fernando, indignado por estar “trancafiado” na barraca, decidiu acordar e fazer todos levantar, para que mesmo debaixo de garoa pudéssemos sair e fazer algo.

 

Assim nos levantamos e fomos tomar um açaí na rua principal.

 

Ficamos mais 1 hora por lá e retornamos novamente ao Camping.

 

A noite foi bem tensa, difícil de dormir, abafado dentro da barraca, apesar da operação Macgayver que o Fernando e Thiago fizeram com lonas sobre as barracas, para termos a opção de deixarmos as barracas abertas e assim conversarmos sem chover sobre nós!

 

Desta forma terminou nosso 4º dia de viagem!

 

 

E você já foi para Trindade? O que achou?

Quais passeios realizou?

 

Deixe seus comentários e dúvidas abaixo.

 

 

Jeff & Paty

Com Pé na Estrada

www.compenaestrada.com.br

 

Faça parte da comunidade Com Pé na Estrada!

 

Sigo-nos no Facebook: http://www.facebook.com/compenaestrada

Faça parte do nosso Grupo no Face – https://www.facebook.com/groups/compenaestrada/

Siga nosso Insta: @ComPenaEstrada1 – https://instagram.com/compenaestrada1/

Veja nossos vídeos no Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCgEwxFyLGrpgmJdqHKZdZxA

 

Mande suas dúvidas e/ou sugestões por e-mail: compenaestrada1@gmail.com

 

Seguro Viagem: Adquira seu Seguro Viagem com a Mondial Seguros nos Banners do Blog e ganhe 15% de desconto!

 

Booking: Toda compra realizada através dos banners do Booking em nosso Blog, o Com Pé na Estrada ganha uma comissão, mas você não tem nenhum custo extra, apenas nos ajuda a manter o blog ativo!

 

Marque suas fotos com a hashtag #compenaestrada

Anúncios

17 comentários em “Paraty/RJ – 4º dia – Trindade – Camping + Praia do Meio + Trilha para Praia do Cachadaço + Praia do Cachadaço + Trilha para Piscinas Naturais de Cachadaço

  1. Pingback: Paraty/RJ – 5º dia – Trindade – Praia dos Ranchos + Praia de Fora + Praia do Cepilho | COM PÉ NA ESTRADA

  2. Pingback: Paraty/RJ – 3º dia – Passeio de Jeep + Cachoeira da Pedra Branca + Cachoeira do Tobogã + Cachoeira do Tarzan e Alambiques! | COM PÉ NA ESTRADA

  3. Pingback: Paraty/RJ – 2º Dia – Passeio de Escuna: Ilha Comprida + Praia da Lula + Enseada da Lagoa Azul e Praia Vermelha | COM PÉ NA ESTRADA

  4. Pingback: Paraty – RJ: 1º Dia – Como Chegar + Centro Histórico + Passeios + Praia do Jabaquara | COM PÉ NA ESTRADA

  5. Pingback: Onde se Hospedar em Paraty – RJ? | COM PÉ NA ESTRADA

  6. Pingback: Roteiro de 5 dias em Paraty/RJ! | COM PÉ NA ESTRADA

    • Ola Eduardo.
      O custo em si foi com alimentação e estadia.
      A estadia do camping se não me falha a memoria foi R$ 30.00 por pessoa.

      Não há muito o que se fazer de forma paga, as praias são acessadas por trilhas bem sinalizadas e de nivel fácil.

      Já sabe onde ficará?

      Precisa dw alguma ajuda a mais?

      Lembre-se: Fique conosco Com o Pé na Estrada!

  7. E ai amigo me encantei por trindade, a entrada, principalmente a praia do meio, (tanto que fui.4 x) é um paraiso, mas infelizmente a alegria durou pouco, a partir de qd derrubaram os quiosques de lá ..
    Levei minha mãe que é idosa, é não tinha nem banheiro pra ela lá.
    Me hospedei em várias pousadas, ou era quente demais ou muito mosquitos.
    Mas finalmente achei uma excelente que é a Filhos da Terra, pena que desisti de ir pra trindad.……
    Renato

    • Poxa Renato… Triste seu relato… Infelizmente vivemos no Brasil, e esses descasoa com o turismo e com tudo que permeia nossa sbelas paisagens, a cada dia mais são destruídas, modificadas e/ou abandonadas…

      Mas vá sim conhecer, pois a cidade continua com seu encanto!

      Quem sabe mais quantos anos teremos essa linda paisagem para apreciar, não é verdade?

      Lembre-se: Continue conosc Com o Pé na Estrada!

  8. Olá, estou muito empolgada para fazer um roteiro muito parecido como o de vocês Paraty e trindade, porém estou com algumas dúvidas como no passeio que vocês fizeram de jeep e de escuna em paraty será que a empresa libera para que possamos levar alguns salgadinhos e bolsa térmica?E em trindade essas trilhas será que temos condições de levar bolsa térmica também?

  9. Estou muito empolgada, estarei indo hoje pra Trindade, primeira vez, minha maior curiosidade é conhecer a piscina do Cachadaço, peguei muitas dicas aki no blog.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s