Receita Reduz pela Metade a Cota de Gastos no Exterior

É praticamente impossível encontrar algum turista brasileiro que vai ao exterior e não faz planos e contas para ver o que irá trazer, sejam: eletrônicos, perfumes, portáteis, vinhos, roupas, entre tantas outras coisas. Além de contar, é claro, com o que os familiares e amigos pedem.

9nj1h25loy_12x5ftrfkg_file

Visando cada vez mais diminuir a entrada de produtos estrangeiros onde a carga tributária é extremamente menor do que no Brasil, a Receita Federal está mudando o limite da cota de US$ 300,00 para US$ 150,00 a partir de 1º de Julho de 2015 para turistas que entram no país por terra, rio ou lagos.

Receita Federal

Compras no exterior acima desse limite serão tributadas na entrada do Brasil com alíquota de 50%, caso não estejam nas isenções concedidas pela Receita Federal.

 

Este aumento prejudica especialmente quem vai ao Paraguai ou faz algum Cruzeiro pela costa da América do Sul.

Brasil e Paraguai

A redução da cota foi regulamentada nesta terça-feira pela Receita Federal por meio da instrução normativa 1.533/2014, publicada no Diário Oficial da União. Para quem ingressa no Brasil por via aérea, o limite de importação continua em US$ 500.

Isso ocorre especialmente pela implantação das lojas francas em fronteiras terrestres.

Compra no Exterior

EM LINHA COM O MERCOSUL

Com a instalação dessas lojas, o governo brasileiro também busca harmonizar as regras brasileiras com as utilizadas atualmente no Mercosul. Argentina, Uruguai e Paraguai já adotam a cota de US$ 150. O Brasil era a única exceção até o momento.

Além da redução da cota na fronteira, os viajantes terão isenção para compras no valor de até US$ 300 nas lojas francas. Dessa forma, o limite de isenção para as compras terrestres será de US$ 450 no total. O Fisco também isenta da tributação roupas e outros objetos de uso e consumo pessoal, como livros, folhetos e periódicos.

 

Temos que ficar espertos com esta novidade e informar nossos amigos e familiares, para que a viagem não se torne um caos e mais onerosa por conta deste descuido.

 

E você, o que acha desta redução?

Deixe seus comentários e dúvidas abaixo!

 

 

Jeff & Paty

Com Pé na Estrada

 

 

Sigo-nos no Facebook: http://www.facebook.com/compenaestrada

Faça parte do nosso Grupo no Face – https://www.facebook.com/groups/compenaestrada/

Siga nosso Insta: @ComPenaEstrada1 – https://instagram.com/compenaestrada1/

Mande suas dúvidas e/ou sugestões por e-mail: compenaestrada1@gmail.com

Seguro Viagem: Adquira seu Seguro Viagem com a Mondial Seguros nos Banners do Blog e ganhe 15% de desconto!

Booking: Toda compra realizada através dos banners do Booking em nosso Blog, o Com Pé na Estrada ganha uma comissão, mas você não tem nenhum custo extra, apenas nos ajuda a manter o blog ativo!

Anúncios

Um comentário em “Receita Reduz pela Metade a Cota de Gastos no Exterior

  1. Pingback: O que pode e o que não pode em compras internacionais (limite de compras)? | COM PÉ NA ESTRADA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s